Alimentos que melhoram a circulação sanguínea

A idade vai chegando e os problemas vão surgindo, não é fácil não é?  Existem alguns tratamento naturais indicados para a má circulação.

A má circulação impede que o sangue transporta nutrientes essenciais para o corpo. A boa circulação é fundamental para a saúde em geral, principalmente cardíaca e cerebral. Assim, incorporar diferentes mudanças em seu estilo de vida, principalmente na dieta, ajuda a evitar certos problemas de circulação.

Água

Consumir em média dois litros de água por dia é o recomendado para manter o corpo hidratado.

Quando o organismo está bem hidratado, aumenta o volume de sangue, melhorando a circulação.

A água também evita que o corpo retenha sódio, responsável pelo inchaço.

Suco de uva integral

As sementes e cascas da uva possuem flavonoides, ácidos fenólicos e resveratrol, nutrientes com forte atividade antioxidante.

Essas substâncias ajudam a inibir a agregação das plaquetas e a formação de trombose.

O suco de uva ajuda também a diminuir as chances de obstrução dos vasos sanguíneos, o que reduz os lipídios plasmáticos, evitando o entupimento das artérias.

Maçã

A maçã possui alto teor de fibras, pectina e polifenóis que ajudam a proteger o sistema cardiovascular.

Devido a esse fator, reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) e a presença de outros compostos nocivos no sangue.

Laranja

Por ser rica em vitamina C, a laranja ajuda a fortalecer a parede dos vasos sanguíneos, combatendo a má circulação.

Além disso, a fruta possui flavonas polimetoxiladas, substância que reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) do sangue.

Morango

O morango é rico em vitamina C, que fortalece a parede dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação sanguínea.

A fruta também contém flavonoides, substâncias que ajudam a dilatar as artérias.

Magnésio e potássio também estão presentes no morango, ambos são muito saudáveis para o coração.

Eles ajudam a regular a pressão arterial e a diminuir os efeitos negativos do sal e diminuem os níveis de colesterol ruim (LDL).

Tomate

O tomate possui licopeno, vitamina C e outros antioxidantes que ajudam a melhorar a saúde cardiovascular.

Esses nutrientes adicionam oxigênio no sangue, melhorando o fluxo sanguíneo e a circulação.

Com isso, ocorre a diminuição dos níveis de colesterol ruim (LDL) e a melhora dos níveis sanguíneos de gordura.

E, por ser uma boa fonte do mineral cromo, o tomate ajuda as pessoas diabéticas a regular os níveis de açúcar no sangue.

Folhas verdes

As verduras, devido à alta concentração de clorofila, possuem ação alcalinizante.

Essa ação ajuda a limpar o sangue e o fígado – este órgão, por sua vez, realiza a limpeza do sangue.

Entre as folhas benéficas para a circulação, estão a couve, a rúcula, o espinafre e a alface.

Alho

O alho possui efeito anti-hipertensor, ajudando a regular a pressão arterial, melhorando a circulação sanguínea e diminuindo a pressão sobre os vasos.

Ele também previne a formação de coágulos, pois inibe a agregação plaquetária excessiva.

O alho auxilia na redução dos níveis de triglicerídeos e colesterol ruim (LDL) do sangue.

Ele inibe a sua oxidação, e consequentemente reduz o risco de aterosclerose, condição que pode provocar diversas doenças cardiovasculares.

Atenção: por ser anticoagulantes, o alho não deve ser consumido em excesso por gestantes, pessoas que já sofrem com problemas de coagulação ou que por que irão passar por algum procedimento cirúrgico em breve.

Gengibre

O gengibre possui uma enzima que ajuda a dissolver a fibrina, proteína envolvida na coagulação sanguínea.

Ou seja, o seu consumo afina o sangue, reduzindo a pressão arterial alta.

Além disso, por ser anti-inflamatório, ajuda a relaxar os vasos sanguíneos, facilitando a circulação do sangue.​

Com isso, auxilia na prevenção de trombose, acidente vascular cerebral (AVC) e problemas cardíacos.

Cúrcuma

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra, é rica em curcumina, seu princípio ativo.

Essa substância impede o acúmulo de colesterol e triglicerídeos nas veias, evitando que se tornam estreitas e rígidas.

Isso reduz o risco de arteriosclerose, AVC e doenças cardiovasculares.

Por ser anti-inflamatória, a cúrcuma ajuda a melhorar o funcionamento do sistema cardiovascular.

A cúrcuma também ajuda na redução do nível de glicose no sangue em pessoas diabéticas.

Pimenta

A pimenta é rica em capsaicina, substância com propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.

Com isso, ajuda a diminuir os níveis de colesterol e bloqueia a ação de um gene relacionado ao estreitamento dos vasos sanguíneos.

Dessa forma, a pimenta torna-se benéfica para o sistema circulatório e também para o coração, porém deve ser consumida com moderação.

Além disso, por ser rica em vitaminas A e C, impede a formação de coágulos no sangue e aumenta a temperatura do corpo.

Devido a esse fator, gera um maior fluxo de sangue, fazendo-o chegar em todos os espaços do corpo.

Amendoim

O amendoim é rico em vitamina B3, que auxilia na vasodilatação sanguínea e melhora a circulação.

Porém, recomenda-se consumir com moderação, já que é um alimento bastante calórico.

Nozes

As nozes são ricas em vitamina E, potássio, proteínas vegetais e fitosterol.

Todos esses nutrientes fazem dessa oleaginosa uma importante fonte de energia.

Além disso, regula os níveis de colesterol no sangue e dilata os vasos sanguíneos.

Por possuir ômega 3, as nozes são essenciais para manter a boa memória, combater a depressão e prevenir o mal de Alzheimer.

Salmão

O salmão é rico em ômega 3, nutriente que torna o sangue mais fluido, facilitando a circulação.

Além disso, ajuda a diminuir o colesterol ruim (LDL) e, devido a sua ação vasodilatadora, auxilia no controle da pressão arterial.

Beneficia o sistema cardiovascular, melhorando o funcionamento das artérias.

Sementes de girassol

A semente de girassol é rica em vitamina E, nutriente importante para impedir a formação dos coágulos sanguíneos.

Por isso, as sementes de girassol são alimentos importantes que melhoram a circulação sanguínea.

Além do girassol, você deve incluir em sua dieta sementes de abóbora , chia e aveia.

Uma alimentação saudável deve sempre levar em consideração o seguinte:

“Mais natural e menos industrializado”.

Por isso, sempre opte pelo consumo de bastante frutas, verduras e legumes, reduzindo a ingestão de gorduras,

Além disso, para que esses alimento possam contribuir de maneira mais eficaz para a boa circulação, associe uma rotina de exercícios físicos diários.

Check Also

Chá natural para elevar a imunidade

Este chá é realmente muito bom, é natural tem muitos benefícios, tais como perder peso, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *